Prefeitura marechal
busque por título

Blog do Popa

27/03/2018 às 07:15

DONA VERA AYRES FOI AGRACIADA COM O PRÊMIO SELMA BANDEIRA

 
O auditório da Federação das Indústrias de Alagoas se transformou em palco para homenagear mulheres que se destacam no país. O 8º Prêmio Selma Bandeira reconheceu a relevância social de 18 "grandes mulheres" - entre elas alagoanas de diversas áreas.

De acordo com Marcus Assunção, produtor do prêmio, a relação das homenageadas foi definida por um juri composto por 20 profissionais de diversas áreas. "Foram 600 mulheres indicadas. Todas importantes, sem dúvidas. Mas, a comissão chegou a 18, que receberam o prêmio", explica o produtor.

O grande diferencial da premiação, segundo ele, está no reconhecimento de personalidades de diversos estados do país. "E nossa ideia é expandir para que as homenagens incluam mulheres de toda a América do Sul nas próximas edições. Este é um dos nossos planos", acrescenta.

O prêmio  Selma Bandeira aconteceu, e entre as mulheres homenageadas esteve a mãe do prefeito Cacau, Dona Vera Ayres.

Marcos Assunção, produtor do evento, lembra que o prêmio é uma iniciativa dele e da produtora Fafá Rocha e que conta com a autorização da família de Selma Bandeira. "Antes de lançarmos o prêmio, nós procuramos a família de Selma Bandeira, apresentamos a ideia do prêmio e recebemos a autorização para a realização do evento", diz.

SELMA BANDEIRA

Selma Bandeira é uma médica alagoana, que se destacou como militante política e chegou a ser deputada estadual em Alagoas (1983-1986). Ela morreu aos 42 anos, durante um acidente automobilístico, em 1986, quando participava da campanha para deputada federal.

 

Deixe seu comentário

0 comentários