Prefeitura marechal
busque por título

Blog do Popa

13/09/2018 às 20:26

SECRETARIA DE SAÚDE DE MARECHAL DEODORO É DESTAQUE EM NÍVEL NACIONAL

 
O que os resultados da taxa de mortalidade infantil do Brasil e de Marechal Deodoro podem nos dizer sobre os cuidados com a saúde

Por: Amanda Watanabe*

Nesse segundo semestre de 2018 o Brasil registrou aumento na mortalidade infantil, taxa que desde 1990 se apresentava em queda. O aumento pode parecer pequeno – de 13 mortes infantis por 1000 nascimentos para 14 – mas não é, só pensarmos no número de pessoas que nascem a cada instante no Brasil. No fim, esse fato acaba sendo, infelizmente, um forte indicador de problemas na saúde pública do país.

As principais causas dos óbitos infantis são a ocorrência de prematuridade, malformações e infecções, sendo que a maioria das mortes acabam ocorrendo na primeira semana de vida da criança. Além disso, o vírus da Zika e a crise econômica foram outras razões apontadas pelo ministério da saúde como causas do aumento.

Pensamos então como a crise econômica se relaciona com a mortalidade infantil. A crise acaba gerando o que conhecemos por austeridade, quando há a necessidade de corte de despesas. Esses cortes acabaram acontecendo nos gastos públicos com a saúde, meio ambiente e saneamento básico, fatores que estão altamente ligados com o indicador de mortalidade infantil. Entre as medidas de saúde, podemos destacar o atendimento da gestante no pré natal, parto e pós parto, que são importantíssimos para garantir um bebê saudável na crítica primeira semana de vida, e depois no seu primeiro ano.

Os contrastantes números de Marechal Deodoro


Marechal Deodoro é um município de Alagoas na região norte do país, que implantou soluções inovadoras na área da saúde. Inclusive, já falamos de como a prefeitura está gerindo a saúde da população com parceria da TNH.

Ao mesmo tempo que vimos os números do Brasil, o município também estampou uma série de notícias relacionadas a taxa de mortalidade infantil, mas, ao contrário do resto do país, Marechal Deodoro apresentou queda em seus números, reduzindo em mais de 62% os óbitos de crianças. Essa é uma conquista extremamente importante, tendo principalmente em vista que o estado do Alagoas sempre esteve entre um dos maiores índices.

Mas o que levou a esses resultados da cidade de Marechal?



o uso de SMS para o monitoramento de gestantes tem apresentado um bom resultado em Marechal Deodoro

A prefeitura promoveu uma série de programas de saúde públicas voltados a saúde na gestante, que buscavam exatamente promover o acompanhamento constante da mãe e da criança. Nesses programas foram inseridas diferentes soluções como a capacitação dos profissionais de saúde, informatização do sistema e a utilização de ferramentas de tecnologia.

Dessa forma, as mulheres grávidas são direcionadas ao pré natal assim que o agente de saúde as identifica, encaminhando-as a consultas regulares e a realização de exames indicados pelo Ministério da Saúde. A distância, as gestantes também são monitoradas, dessa vez através do pequeno aparelho que as acompanham em todos os momentos: o celular. A ferramenta utilizada pelo governo em parceria com a TNH Health realiza o monitoramento feito por mensagens de texto que são mandadas diariamente, contendo informações importantes para o cuidado da gestação, além de buscar dúvidas e queixas. Se a paciente relatar algum problema, a equipe de saúde entra em contato com ela e a orienta conforme a necessidade.

A importância do cuidado permanente da mãe e do bebê


Olhando para as duas situações apresentadas, podemos ver que o cuidado das gestantes é um fator muito importante e precisa estar sempre em evidência na saúde populacional. Acompanhar o desenvolvimento do bebê no pré natal e primeira infância faz toda a diferença e pode evitar um grande número de mortes como no caso do município alagoense.

Com ações relativamente simples, como o envio de mensagens de texto pelo celular, é possível fazer muito pela saúde de uma população que vai contra a tendência do resto do país. Quer implantar uma solução parecida para a sua população? Entre em contato com a TNH! Queremos ampliar o acesso a saúde, e contribuir para casos como esse, em um número cada vez maior. 

Deixe seu comentário

0 comentários