Prefeitura marechal
busque por título

Alagoas

Agência Alagoas

27/08/2021 às 07:14

Municípios alagoanos podem concorrer para sediar a primeira empresa de motores elétricos do nordeste

Em reunião virtual com prefeitos, Sedetur informou que os interessados têm até 10 de setembro para enviar informações sobre disponibilidade de área, infraestrutura e mão-de-obra, entre outras 

(Créditos de imagem: Divulgação)

O secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcius Beltrão e gestores de vários municípios alagoanos se reuniram virtualmente na manhã desta quinta-feira (26) para deliberar a cidade onde a indústria Mercosul Motores Elétricos deve se instalar em Alagoas.

A empresa, que emitiu um caderno de intenções, pretende iniciar as obras para a instalação em Alagoas no próximo mês de outubro com investimentos na ordem de R$ 170 milhões e a geração inicial de 258 empregos diretos.

Durante a reunião, foi informado que os municípios interessados em receber a empresa devem enviar uma proposta até o dia 10 de setembro. O documento deve incluir informações da área, mão-de-obra disponível, rede hidráulica e tratamento de esgoto, infraestrutura de polo, acesso e mobilidade urbana, infraestrutura hospitalar, informações sobre as condições das rodovias locais e logística. A cidade escolhida deve ainda se responsabilizar sobre a terraplanagem da área onde a indústria será construída.

“Achamos por bem construir uma tratativa em comum acordo com todos, para que a gente dê o princípio de igualdade, na questão da definição por parte da empresa, de onde ela vai querer se instalar no Estado. É importante destacar que a rede produtiva de uma indústria como essa é imensa, então todo o entorno da região onde a Mercosul se instalar será favorecida por diversos outros equipamentos industriais, gerando emprego e renda de forma regional”, destaca o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico e Turismo, Marcius Beltrão.

Para a deputada estadual, Jó Pereira, que é integrante do Conselho Estadual do Desenvolvimento Econômico (Conedes), o alinhamento dos pré-requisitos para pleitear a vinda da empresa é fundamental para ampliar a oportunidade para todos os municípios interessados.

“Os prefeitos dos municípios sabem da importância de ter uma empresa desse porte no seu território, não só para o município que venha a recebê-la, mas para todo o entorno, uma vez que é uma empresa que irá provocar uma mudança cultural e também na rota de desenvolvimento. Torço muito pela interiorização da indústria, uma vez que precisamos levar desenvolvimento para todos os cantos de Alagoas”, afirma a deputada.

Participaram da reunião os gestores dos municípios de Marechal Deodoro, Penedo, Pilar, São Miguel dos Campos, Rio Largo, Campo Alegre, Coruripe e Teotônio Vilela; além da deputada estadual Jó Pereira. 

Deixe seu comentário

0 comentários