Prefeitura marechal
busque por título

Alagoas

TNH1

06/04/2021 às 08:06

Ônibus circulam com 100% da frota nesta 3ª após Justiça definir multa por descumprimento

 

(Créditos de imagem: Divulgação)

Após a Justiça do Trabalho em Alagoas considerar abusiva a paralisação anunciada pelo Sindicato dos Trabalhadores em Transportes Rodoviários do Estado de Alagoas (Sinttro) para esta terça-feira, de circulação dos ônibus a partir de 12h como forma de protesto, os rodoviários voltaram atrás e o itinerário vai ser seguido normalmente ao menos até a próxima sexta, 09.

Apesar da decisão, o Sinttro confirmou que a greve dos rodoviários com apenas 30% de veículos disponilizado para o transporte coletivo está mantida para o dia 09 de abril, devido ao impasse com as empresas em negociações sobre ticket alimentação e plano de saúde.

Ontem, a Justiça determinou a circulação de 100% da frota de ônibus em Maceió, sob pena de multa diária de R$ 50 mil ao Sindicato e seus dirigentes.

"O sindicato vai cumprir a decisão, mas vamos manter a mobilização para sexta-feira. Hoje não seria greve, e sim um protesto. A greve está marcada o dia 9, mas vamos cumprir sim a decisão do presidente do TRT. Isso não se discute", disse Sandro Régis, presidente do Sinttro.

"Os trabalhadores não estão aguentando mais, há esse impasse que ameaça a retirada e redução do ticket alimentação e redução da parte paga pelos empresários pelo plano de saúde de R$ 120 para R$ 65. Na sexta-feira, a greve está mantida, com apenas 30% da frota", continuou.

A liminar foi concedida pelo desembargador Marcelo Vieira, presidente do TRT/AL, em ação de dissídio coletivo proposta pelo Sindicato das Empresas de Transportes Urbanos de Passageiros do Município de Maceió (Sinturb/Mac), que alegou não ter havido o aviso prévio ao empregador com a antecedência de 72 horas prevista em lei para atividades essenciais.

Sinturb aciona Justiça

O Sinturb emitiu uma nota à imprensa destacando que acionou a Justiça por entender que a decisão dos rodoviários em não liberar a saída dos veículos das garagens no período da manhã já caracterizava um movimento grevista.

Leia abaixo:

O Sinttro-AL, em uma campanha de desinformação promovida contra as empresas de ônibus de Maceió, tentou esconder o fato de que pretendia deflagrar de fato um movimento grevista dos rodoviários a partir desta terça-feira (06), prejudicando a população com a paralisação total da circulação de ônibus até o meio-dia, nos próximos três dias.

O Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros de Maceió (Sinturb) prontamente acionou a Justiça para que 100% da frota fosse garantida, especialmente durante este período de pandemia, assegurando o transporte público na capital alagoana. Na noite desta segunda (05), o Tribunal Regional do Trabalho considerou abusiva a greve dos rodoviários, e concedeu uma liminar que prevê multa de R$ 50 mil em caso de descumprimento por parte do Sinttro-AL.

Mesmo diante de sucessivas quedas no número de passageiros desde o início da pandemia de Covid-19, e ainda sem retomar o equilíbrio financeiro, as empresas não se negaram em momento algum em manter os benefícios da categoria, por entenderem que todas as partes têm que ceder neste momento de dificuldade.

O Sinturb reitera que não têm medido esforços para manter o transporte urbano de passageiros em pleno funcionamento, por entender a importância deste serviço essencial para todos os maceioenses. 

Deixe seu comentário

0 comentários