Prefeitura marechal
busque por título

Alagoas

TNH1

10/10/2018 às 05:34

Pelo menos 140 pessoas foram vítimas de afogamento em Alagoas em 2018

A Praia do Francês em Marechal Deodoro, registrou 85 casos 

(Créditos de imagem: Ilustração)

Pelo menos 140 pessoas foram vítimas de afogamento em Alagoas, e não em Maceió, como divulgado anteriormente pelo TNH1. Destes casos, 85 aconteceram no município de Marechal Deodoro, no Litoral Sul de Alagoas. Os números foram confirmados pela assessoria do Corpo de Bombeiros nesta terça-feira (9), que informou ainda que nem todos os atendimentos terminaram com morte.

A imprudência, segundo informações do tenente-coronel Carlos Burity, ainda é a maior causa de mortes no mar. “Sabemos que alguns trechos da orla possuem bacias. Em outros, a maré é mais forte e tende a puxar. Avisamos, deixamos placas de advertência, mas mesmo assim os banhistas ainda se arriscam”, advertiu.

Já a assessoria de comunicação do Hospital Geral do Estado (HGE) confirmou que de janeiro até setembro deste ano 26 pessoas deram entrada na unidade de saúde vítimas de afogamento. Destes casos, 15 vítimas tinham faixa etária entre 1 e 19 anos.

O caso mais recente foi o do garoto Vitor Gabriel, que pulou do píer do emissário do emissário submarino, na praia do Sobral, e está desaparecido desde então. A região onde o garoto desapareceu é frequentada por surfistas e conhecida por casos de afogamento. 

Deixe seu comentário

0 comentários