Prefeitura marechal
busque por título

Brasil/Mundo

G1

04/02/2019 às 13:00

Carro-bomba explode em mercado e deixa mortos na capital da Somália

 

(Créditos de imagem: Feisal Omar/ Reuters)

Um carro-bomba explodiu em um mercado lotado de Mogadíscio, capital da Somália, deixando 11 mortos e 10 feridos nesta segunda-feira (4), segundo a Reuters.

"Até agora, o número de mortos é de 11 civis e 10 outros feridos", disse o policial Mohamed Hussein.

Nenhum grupo reivindicou a autoria da ação até o momento, mas a polícia acredita que o grupo radical Al Shabab, que é vinculado à Al-Qaeda, esteja envolvido no ataque.

O mercado do distrito de Hamarweyne, uma área movimentada com lojas e restaurantes, fica próximo de edifícios da administração municipal.

O Al Shabab, que significa 'A Juventude' em árabe, frequentemente promove ataques em Mogadíscio e outras partes da Somália, com o objetivo de derrubar o governo central, que é apoiado pelo Ocidente.

O grupo radical chegou a controlar parte da Somália, mas foi expulso das principais cidades que dominava no sul e no centro do país.

Nas áreas sobre seu controle, impôs uma versão rígida da sharia (lei islâmica), que inclui desde o apedrejamento até a morte das mulheres acusadas de adultério, passando pelo amputamento de acusados de roubo.

Os seus militantes também realizam atentados fora da Somália. No seu último ataque no Quênia, um grupo invadiu um complexo hoteleiro em Nairóbi e deixou 21 feridos. As tropas quenianas fazem parte parte de uma força de paz africana que ajuda a defender o governo central somali.

 

Deixe seu comentário

0 comentários