Prefeitura marechal
busque por título

Emprego

gazetaweb

20/07/2018 às 07:01

SINDPOL aponta ausência de pessoal e cobra concurso para a Polícia Civil

função de agente é a que apresenta maior carência 

(Créditos de imagem: Divulgação)

O Sindicato dos Agentes da Polícia Civil de Alagoas (Sindpol) apresentou ao Conselho de Segurança (Conseg), nessa quarta-feira (18), um relatório em que expõe as carências da categoria, demonstrando, em especial, que o efetivo não é suficiente para a adequada prestação de serviço à sociedade. Ao colegiado, o sindicato destacou a urgência da realização de um concurso público que oferte ao menos 680 cargos para a Polícia Judiciária. Ainda segundo a entidade, a maior deficiência diz respeito à função de agente.

Presidente do Sindpol, Ricardo Nazário manifestou sua preocupação com o "reduzido efetivo da Polícia Civil, que tende a piorar com a aposentadoria de 662 policiais, ou seja, 1/3 do atual efetivo em exercício, que é de 1.757 policiais para as 141 delegacias existentes em Alagoas". Por isso, segundo ele, cada policial civil está executando o trabalho de quatro policiais.

Na ocasião, Nazário destacou a Lei Estadual nº 5.496/1993, que disciplina o quantitativo de policiais civis nas delegacias, fixando o efetivo considerado ideal em 4.536 profissionais. Para o Sindpol, a proposta apresentada pela Delegacia-Geral de Polícia Civil, que solicitou a realização de concurso para 680 cargos - sendo 500 para agente de polícia, 120 para escrivão e 60 para delegado -, não condiz com a real necessidade da Polícia Civil de Alagoas.

Remoção de carros apreendidos

E atendendo à reivindicação do Sindpol, o vice-presidente do Conseg, Antônio Gouveia, informou que vai se reunir com o delegado-geral, Paulo Cerqueira, e representantes do Tribunal de Justiça, Ministério Público Estadual, entre outros órgãos, com o objetivo de proceder a retirada dos carros apreendidos nas delegacias, melhorando o ambiente de trabalho dos policiais civis.

O objetivo do encontro é viabilizar recursos para que o Detran crie um espaço destinado exclusivamente a abrigar os automóveis. 

Deixe seu comentário

0 comentários