Prefeitura marechal
busque por título

Esportes

Gazeta Esportiva

26/02/2019 às 14:00

Autoridades afirmam que avião de Sala não tinha licença para voo comercial

Investigadores tiveram acesso a novas imagens do monomotor N264DB da Piper Malibu, revelando que as estruturas estavam "severamente danificadas" 

(Créditos de imagem: Reprodução)

A morte de Emiliano Sala no acidente aéreo na região do Canal da Mancha, dia 21 de janeiro, começou a ter as primeiras respostas. A mais recente delas, inclusive, é de que o avião que transportava o jogador do Nantes, prestes a assinar com o Cardiff, não possuía licença para executar voos comerciais. A informação foi divulgada pela agência Associated Press.

Na última segunda-feira foi divulgado o relatório inicial da Agência de Investigação de Acidentes Aéreos (AAIB), que diz que os investigadores ainda não determinaram se poderia ser classificado como um voo privado o episódio que culminou na morte do jogador e do piloto. Caso os custos estivessem sendo compartilhados, portanto os regulamentos de voos comerciais não eram aplicáveis para a situação.

De acordo com o documento preliminar, o piloto David Ibbotson tinha uma licença de piloto particular para os Estados Unidos e Reino Unido, o que não permite a realização de voos em troca de remuneração. Além disso, foram divulgadas novas imagens do monomotor N264DB da Piper Malibu, que revelam as estruturas "severamente danificadas".

"A licença e o diário de bordo do piloto foram perdidos com a aeronave e, portanto, as avaliações de suas licenças e sua validade e a extensão de seus voos recentes ainda não foram determinadas", diz a agência de notícias.

Desaparecido no dia 21 de janeiro, durante a viagem de Nantes, na França, para Cardiff, no Reino Unido, o avião que levava o jogador para assinar com o novo clube teve as buscas interrompidas após uma tentativa inicial. Depois, porém, as investigações foram retomadas depois de diversos pedidos da família e de personalidades, que culminaram no reconhecimento do corpo. 

Deixe seu comentário

0 comentários