Prefeitura marechal
busque por título

Esportes

gazetaweb

01/07/2019 às 07:18

Derrota para o Sport derruba Marcelo Cabo do comando do CSA

Time voltou a jogar mal no Recife, facilitando a vitória do Leão; gota d'água que levou a diretoria a afastar o técnico 

(Créditos de imagem: Ailton Cruz)

A derrota de 3x1 para o Sport em amistoso disputado neste domingo (30)na Ilha do Retiro, no Recife-PE, levou a diretoria do CSA a afastar o técnico Marcelo Cabo. O departamento de futebol se reuniu com ele logo após a partida e ficou definido que ele não é mais o treinador do clube.

Em nota oficial divulgada no início da noite, a diretoria externa seu agradecimento a Cabo por ter comandado o CSA durante todo esse tempo, lembrando que foi bicampeão alagoano e levou o Azulão para a elite do futebol nacional.

"Desejamos sucesso no futuro e agradecemos por tudo", afirma na nota a direção, que promete mais detalhes nesta segunda-feira (01/07), quando a delegação azulina se reapresentar no CT Gustavo Paiva.

Desde a estreia na Série A do Brasileirão, com a goleada sofrida pelo Azulão para o Ceará, em Fortaleza, que Marcelo Cabo não era mais unanimidade entre os torcedores marujos. A péssima campanha do CSA na primeira fase da competição, com a equipe ficando na vice-lanterna reforçou a insatisfação da torcida, inconformada com a insistência do treinador em lançar o time num sistema defensivo diante dos adversários.

A diretoria vinha defendendo o técnico, considerando que o elenco precisava de reforços mais qualificados. Mas nas últimas semanas o clube fez investimentos, trazendo jogadores do futebol argentino e paraguaio e investindo no atacante Ricardo Bueno, contratado após ele se desvincular do Ceará. Era de se esperar que com a estreia desses reforços, a equipe pudesse apresentar um futebol mais voluntarioso, mais dinânico, mas o que se viu no amistoso com o Sport foi um CSA apático, criando muito pouco, deixando o adversário tomar as iniciativas durante praticamente toda a partida, facilitando, assim, a derrota para o clube pernambucano.

A forma como o CSA se comportou em campo certamente foi a gota d'água que fez transbordar a paciência dos dirigentes azulinos neste domingo.

A expectativa agora é saber quem será contratado para assumir a função. O clube tem pela frente o jogo da volta contra o Sport, marcado para quarta-feira que vem, no Estádio Rei Pelé, e depois o confronto com o Corinthians, na retomada da disputa do Brasileirão, após a Copa América. O tempo será pouco para o novo treinador conhecer o elenco e fazer seu trabalho, com a missão de fazer o CSA jogar um melhor futebol, se recuperar na Série A e seguir na luta para permanecer na competição em 2020.

Lisca Doido e Zé Ricardo são dois nomes que estariam sendo estudados pelo clube, segundo conversas de bastidores. Mas a diretoria não confirmou.

 

Deixe seu comentário

0 comentários