Prefeitura marechal
busque por título

Esportes

espn

14/02/2018 às 08:54

Ex-CSA sofre infarto durante treino e morre aos 32 anos

 

(Créditos de imagem: Divulgação)

Uma notícia trágica pegou o mundo do futebol de surpresa na noite desta terça-feira de Carnaval. O meia Danilo Caçador, mais conhecido por Danilinho, sofreu um mal-súbito durante o treino do Juazeirense, chegou a ser levado ao hospital às pressas, mas não resistiu e acabou falecendo. O atleta de 32 anos era natural de Bauru, cidade do interior de São Paulo, e deixou um filho de 10 anos de idade.

Tudo aconteceu no estádio Paulo Coelho, em Pernambuco. O camisa 10 estava à beira do campo, observando seus companheiros, quando se sentiu mal. Imediatamente, foi levado ao hospital mais próximo, o Memorial de Petrolina.

O presidente do Juazeirense utilizou o próprio carro para levar Danilinho ao hospital. Depois de uma viagem de apenas dez minutos, o atleta foi atendido pelos médicos, mas não conseguiu reagir e acabou não suportando o infarto.

O Juazeirense contratou Danilinho em dezembro de 2017, e nessa temporada havia utilizado o jogador apenas na estreia da equipe pelo Campeonato Baiano, no empate por 2 a 2 com o Vitória, no Barradão. O meia ficou 61 minutos em campo na ocasião.

A missão de Danilinho era comandar o meio de campo de seu time na Série C do Campeonato Brasileiro. Além disso, a equipe vem liderando o Estadual.

Antes de chegar ao Juazeirense, Danilinho passou por Chapecoense, Figueirense, Atlético-GO, Cuiabá, Itumbiara, Icasa e jogou a terceira divisão nacional no ano passado pelo Remo.

“É com muito pesar que a Sociedade Desportiva Juazeirense comunica o falecimento do atleta Danilo Caçador, 32 anos. Danilinho sofreu um mal súbito às 16h55 desta terça-feira durante o treinamento da equipe no estádio Paulo Coelho, em Petrolina. Atendido ainda em campo, o atleta foi removido para o Hospital Memorial de Petrolina, onde deu entrada às 17h05. A equipe de emergência do hospital fez todos os procedimentos de urgência, o atleta chegou a ser reanimado, mas não resistiu à parada cardíaca e veio a óbito”. 

Deixe seu comentário

0 comentários