Prefeitura marechal
busque por título

Marechal

cada minuto

19/09/2018 às 07:52

Condenado por matar homem após briga em bar é preso 10 anos depois do crime

 

(Créditos de imagem: Cortesia)

Moises Alfredo do Nascimento, 54 anos, foi preso nesta quarta-feira (19) por policiais civis da Gerência de Recursos Especiais GRE/DEIC a pessoa de em cumprimento a mandado de prisão expedido pela 2ª Vara cível e Criminal da comarca de Marechal Deodoro.

Ele foi condenado pela morte de Wellington Verçosa Ataíde, ocorrido em 1996. O crime foi motivado por um desentendimento em um bar da capital. Moisés praticou o crime junto com policial militar, Juvenal José da Silva, que executaram a vítima em um canavial próximo ao Polo Cloroquímico da cidade de Marechal Deodoro, com um tiro de revolver calibre 38 na região da nuca.

Segundo o Delegado Fábio Costa, Gerente da GRE/DEIC, os autores sequestraram a vítima, após a briga no bar, e a colocaram na mala do veículo do Cabo Juvenal levando-a até o canavial onde o executaram sendo encontrado dias depois já em estado de putrefação.

Os autores responderam ao processo em liberdade e no ano de 2012 foram condenados a 12 anos de prisão em regime fechado pelo Tribunal do Júri momento em que foram expedidos os mandados de prisão.

Após diligências os policiais civis prenderam o condenado e o encaminharam à base da DEIC para os procedimentos legais e posterior apresentação à justiça.

O outro condenado, o PM Juvenal, sargento reformado, foi preso em março deste ano quando registrava um Boletim de Ocorrência na Central de Flagrantes, no bairro do Pinheiro.

No momento da confecção do BO policiais civis tiveram a informação que constava um mandado de prisão em aberto em desfavor do Policial Militar e deram cumprimento. Após a prisão ele foi encaminhado para o presídio militar. 

Deixe seu comentário

0 comentários