Prefeitura marechal
busque por título

Marechal

G1 / AL

11/02/2020 às 06:41

Exame confirma que menina encontrada morta em Marechal Deodoro foi estuprada e polícia investiga namorado da prima

Delegado disse que outro homem que já estuprou e matou uma criança também está sendo investigado. 

(Créditos de imagem: Real Deodorense )

delegado Leonam Pinheiro disse em entrevista ao AL2 na noite de segunda-feira (10) que um exame comprovou que a menina de 11 anos encontrada morta em Marechal Deodoro foi estuprada. A perícia também concluiu que o crime não foi praticado no local em que o corpo foi encontrado.

Leonam Pinheiro disse também que a polícia investiga dois suspeitos.

"Com base nos depoimentos que já foram colecionados aos autos, nós chegamos a duas teses principais de investigação. Dois suspeitos são os nossos principais focos de investigação. Um deles, um indivíduo, que em sua ficha de antecedentes possui também uma situação que se assemelha muito com essa por ter já estuprado e posteriormente matado uma criança. E a nossa segunda tese de investigação, essa para mim a mais forte seria o indivíduo com quem por último a vítima foi vista, que era o namorado da prima dessa criança", disse o delegado.

"Nós percebemos no seu primeiro interrogatório que ele teria dito que teria sido arranhado na noite anterior em uma relação sexual que ele teve com a prima da vítima, mas ouvindo a primeira da vítima, essa desmentiu o fato. O que nós dá mais indícios de que ele está tentando burlar, está tentando mentir para que venha a ocultar o fato que efetivamente aconteceu", complementou o delegado.

O delegado de Marechal Deodoro falou também sobre coleta de material genético da vítima e do suspeito.

"Nós estamos ainda amadurecendo as provas, estamos ouvindo testemunhas e aguardamos também o laudo técnico da perícia, que irá coletar não só material genético proveniente desses arranhões na vítima e no acusado, como também o material genético proveniente possivelmente de uma conjunção carnal", disse Leonam Pinheiro.

 

Deixe seu comentário

0 comentários