Prefeitura marechal
busque por título

Marechal

PMMD

24/03/2020 às 19:34

Prefeitura solicita ao MP e Justiça autorização para entrega de cesta alimentícias a trabalhadores deodorenses

A iniciativa foi tomada após uma reunião do chefe do executivo municipal junto aos presidentes das associações das Cocadeiras, dos Ambulantes e das Artesãs, na manhã desta terça-feira (24). 

(Créditos de imagem: Divulgação )

Em suas rede sociais, o prefeito de Marechal Deodoro, Cláudio Filho Cacau, anunciou que estará enviando um pedido de autorização ao Ministério Público (MP) e a Justiça, para a doação de cestas alimentícias para ambulantes, cocadeiras e artesãs dedorenses, uma vez que, por conta dos decretos governamentais de quarentena, as categorias ficaram impossibilitadas de trabalhar.

A iniciativa foi tomada após uma reunião do chefe do executivo municipal junto aos presidentes das associações das categorias, na manhã desta terça-feira (24). A decisão se inclui em um pacote de ações da Prefeitura de Marechal Deodoro em assegurar a saúde e o bem-estar do deodorense durante o período de quarentena e combate a proliferação do coronavírus (Covid-19).

A intenção é reverter a taxa de serviço paga pelas categorias em cestas alimentícias. O prefeito ainda reafirmou seu compromisso com a população deodorense e se colocou a disposição para contribuir no que for necessário durante este período de crise e calamidade pública.

"Nós sabemos que eles vivem do turismo, e de acordo com as normas dos governos federal, estadual e municipal, nós estamos em isolamento total. Com isso, eles estão sem ter como manter suas famílias, pois vivem da Praia, vivem do turismo. E a Prefeitura preocupada com essa situação, lança a proposta de reverter as taxas de serviços pagas pelos ambulantes em benefícios para as categorias. Vamos protocolar o pedido, fundamenta-lo, solicitando a autorização da entrega desses alimentos", garantiu Cacau.

Além desta inciativa, a Prefeitura de Marechal Deodoro estará adiantando os salários dos funcionários públicos a partir desta quarta-feira (25), afim de que os servidores possam se organizar melhor durante a quarentena. Também foi modificado o sistema de entrega de medicamentos para os usuários do sistema público de saúde municipal, sendo entregues todas as medicações nas respectivas residencias dos pacientes. 

Deixe seu comentário

0 comentários