Prefeitura marechal
busque por título

Polícia

Al24hs

04/06/2020 às 07:05

Advogados são presos por extorsão, tráfico de influência e associação criminosa

 

(Créditos de imagem: Ilustração)

Três advogados, que tiveram os nomes preservados por conta da Lei de Abuso de Autoridade, foram presos, nesta quarta-feira, 03, durante a operação “Bate e Volta”, da Divisão Especial de Investigação e Capturas (DEIC). Eles são suspeitos de praticar crimes de extorsão, tráfico de influência e associação criminosa.

De acordo com informações da Polícia Civil, os suspeitos atuavam para obter decisões favoráveis a transferência de reeducandos de um presídio para outros. As investigações – coordenadas pelos delegados Gustavo Henrique, Cayo Rodrigues e José Carlos – tiveram início após provocação da 16ª Vara Criminal da Capital.

Nesta manhã, as equipes da Deic cumpriram os mandados de prisão temporária expedidos pela 10ª Vara Criminal da Capital. Das quatro pessoas investigadas, três advogados foram presos e um outro permanece foragido.

Os advogados presos foram levados à sede da Deic para prestar esclarecimentos. Eles ficarão à disposição da Justiça.

Em nota, a Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), seccional Alagoas, informou que enviou ao local membros da Diretoria de Prerrogativas para acompanhar de todos os desdobramentos da investigação policial e para garantir que os profissionais tenham suas prerrogativas respeitadas.

Nota OAB/AL

A OAB/AL informa que ainda não possui detalhes acerca da operação da Polícia Civil realizada nesta quarta-feira (03), que culminou na prisão de advogados. Nada obstante, a Ordem destaca que a Diretoria de Prerrogativas está acompanhando todos os desdobramentos para garantir que os profissionais tenham suas prerrogativas respeitadas, bem como que lhe seja assegurado o amplo direito de defesa. 

Deixe seu comentário

0 comentários