Prefeitura marechal
busque por título

Polícia

tnh1

07/02/2018 às 17:16

Carro de motorista de aplicativo é localizado em Pernambuco

 

(Créditos de imagem: PC/AL)

O carro de José Walmir da Silva Calado, motorista de aplicativo que morreu no Hospital Geral do Estado após ser encontrado baleado e com sinais de espancamento numa mata em Marechal Deodoro, foi localizado pela polícia na cidade de Bom Conselho, Pernambuco.


Uma equipe de policiais alagoanos foi para o local, na manhã de hoje (7), para trazer o carro para a delegacia de Roubos e Furtos de Veículos e Cargas, que investiga o crime.

O carro encontrado hoje, um Volkswagen Voyage de cor branca e placas OBR - 1580, estava desaparecido desde o dia em que o motorista foi levado por bandidos. A equipe de policiais confirmou que o carro seria de José Walmir, mas as placas do veículo são diferentes da identificação repassada pelos familiares durante o desaparecimento da vítima: OHF - 7667.

Ontem, o TNH1 conversou com os policias que prenderam Carlos Eduardo Alves da Silva, Djailton da Silva Domingos e José Pedro Tenório de Albuquerque, suspeitos de cometer o crime, que garantiram que o carro seria localizado ainda esta semana.

Durante a entrevista coletiva, concedida ontem pelo secretário executivo de Segurança Pública, Acácio Júnior, o carro seria o motivo do crime, e Carlos Eduardo foi apontado como autor material.

"O Carlos Eduardo já trabalha como motorista de forma irregular e planejou com os outros o roubo do veículo. Ele queria um carro seminovo, já que a empresa pede veículos com pouco tempo de uso, neste caso, do ano de 2008”, explicou.

Ainda segundo o secretário, Carlos Eduardo teria dado a ordem para executar a vítima. "O veículo foi vendido por R$2mil e esse dinheiro teria sido dividido entre os quatro acusados. Com a prisão, ele devem responder pelos crimes de latrocínio, porte ilegal de arma de fogo e associação criminosa", explicou.

A SSP ainda procura um quarto suspeito identificado apenas como "Colômbia" que conseguiu fugir durante a operação policial realizada nessa terça-feira, 06.  

Deixe seu comentário

0 comentários