Prefeitura marechal
busque por título

Polícia

Staeel Santos

31/05/2020 às 20:15

Combatendo o crime em 4 mil km de malha rodoviária

 

(Créditos de imagem: Reprodução )

Quase 4.000 km de malha rodoviária. Essa é a soma dos quilômetros das rodovias de nosso Estado. A fiscalização e o policiamento de toda essa área é responsabilidade do BPRv - Batalhão de Polícia Rodoviário da Polícia Militar Alagoana.

O serviço de policiamento ostensivo rodoviário tem grande importância e necessidade nas estradas e principalmente nas divisas de nosso Estado. Nossos audazes policiais militares se desdobram para garantir o combate à logística do crime em nossas rodovias, para orientar e controlar o trânsito, fiscalizar veículos, condutores e passageiros, e hoje, também, garantir segurança nas barreiras sanitárias de enfretamento ao Covid 19.

A missão é árdua e perigosa. Abordar e averiguar um veículo vai muito além da necessidade de verificar documentações. Contrabando, descaminho, tráfico de drogas e armas, são exemplos dos muitos delitos cometidos por criminosos e flagrados pela polícia, em nossas estradas. 

A perícia dos policiais rodoviários tem descoberto muita coisa errada e isso tem impedido que muito ilícito adentre nosso território. O crime é incansável. Sua busca de lucro, com a comercialização ilegal de produtos, usa água, terra e ar para escoar as mercadorias clandestinas. Na distribuição regional, se assim podemos dizer, do ilícito, a logística por terra será sempre a mais utilizada.

O crime irá usar as rodovias - isso é certo. E para isso, eles não param de tentar burlar a fiscalização. Essas tentativas estão sendo abortadas, cada vez mais, pelo conhecimento técnico e tático específico, adquirido, desenvolvido e executado por nossos operadores de segurança pública, nesse trabalho diuturno de policiamento rodoviário. "Contamos com as ações do nosso núcleo de inteligência para desarticularmos toda e qualquer organização criminosa que esteja pelas rodovias alagoanas. Nossas ações pelas rodovias já tiraram de circulação mais de 250 Kg de drogas, entre maconha, craque e cocaína", disse o Tenente Coronel Everaldo Liziário, comandante do BPRv. Então, se o crime nas estradas não dorme, nossa polícia rodoviária sequer cochila!

Por Staeel Santos - Diácono e Consultor de Segurança Pública 

Galeria de fotos

Deixe seu comentário

0 comentários