Prefeitura marechal
busque por título

Polícia

al24hs

12/05/2018 às 06:52

Exame confirma: crianças vítimas de maus-tratos também foram violentadas

 

(Créditos de imagem: Divulgação)

O Conselho Tutelar da VII região confirmou nesta sexta-feira, 11, que duas das cinco crianças – que foram resgatadas na semana passada por serem maltratadas pelos pais – também foram abusadas sexualmente.

De acordo com os conselheiros tutelares, que acompanharam o caso, o exame de conjunção carnal realizado no Instituto de Medicina Legal (IML) constatou que as meninas, de 6 e 7 anos, sofreram violência sexual.

Após serem resgatadas, as garotas contaram que o autor dos estupros é o padrasto, identificado como Edson José da Silva, e que a própria mãe, Laila Mariah dos Santos, sempre estava presente durante os abusos.

Na quinta-feira, 03, as meninas foram resgatadas junto com outros três irmãos, de 2,3,4 anos, após denúncias de que as crianças sofriam maus-tratos. Ao averiguar a informação, os conselheiros encontraram os menores, em duas residências no bairro do Tabuleiro do Martins e cidade de Viçosa, com queimaduras nas mãos e nos pés.


Após a constatação do caso, as crianças foram encaminhadas à casa de parentes. ”As crianças já foram retiradas do casal que cometeu os abusos. Elas estão com os avós e tios no interior e estão sendo acompanhadas pelo Conselho Tutelar de Cajueiro. Confirmamos que eles têm condições de criá-las. Não há dinheiro, mas muita afetividade e proteção. Após o caso, as comunidades estão ajudando com doação para as crianças”, informou o conselheiro tutelar, Fernando da Silva a TV Ponta Verde.

O caso foi denunciado à Delegacia de Crimes contra a Criança e o Adolescente. “A polícia já está com tudo encaminhado e os policiais estão agindo de forma correta para prender o casal que cometeu esta atrocidade com as crianças”, finalizou o conselheiro. 

Deixe seu comentário

0 comentários