Prefeitura marechal
busque por título

Polícia

Ascom

14/11/2018 às 21:17

Restos mortais encontrada em Maceió é de italiano desaparecido, confirma IML

Ossada permanecem sobre custódia da unidade à espera de liberação da família 

(Créditos de imagem: Divulgação)

O Instituto de Medicina Legal Estácio de Lima (IML) confirmou na manhã desta quarta-feira (14) que a ossada encontrada dentro de uma residência no bairro da Ponta Grossa, em Maceió, é do italiano Carlo Cicchelli. A identificação foi realizada após a direção do órgão receber da família, via consulado italiano, uma vasta documentação hospitalar da vítima e da Legione Carabinieri (polícia italiana).

Roseli Ikeda, perita odontolegista, explicou que através de um relatório médico hospitalar, ficha biométrica, e fotos da vítima foi possível realizar a identificação odontolegal. Para isso, foi utilizado um dos métodos de identificação humana utilizados por vários IMLs do país, a técnica da sobreposição e comparação de imagens que estuda as particularidades, aspectos anatômicos e posicionamentos dos dentes.

“Pelas de fotos da vítima e da arcada dentária da ossada foi possível aplicar a técnica de sobreposição e comparação de imagens, onde foram encontrados vários pontos coincidentes como black space, coroas protéticas, e posicionamentos de alguns dentes no arco dentário”, afirmou Ikeda.

A mesma documentação foi utilizada pelo perito médico legista Avelar Holanda para o exame de antropologia forense que tem como principal objetivo a identificação do ser humano através de um processo técnico cientifico sistematizado. Com esse exame, a equipe do IML conseguiu concluir a identificação da vítima.

“Na análise da ossada com o relatório médico enviado encontrei vestígios compatíveis com a cirurgia de um ligamento cruzado anterior do joelho esquerdo realizada pela vítima. Esse achado, associado ao exame odontolegal e ainda com uma tatuagem com o nome de um dos filhos da vítima que se manteve intacta, pode-se concluir que realmente é o corpo do italiano”, afirmou o legista.

Com o resultado positivo do exame de identificação, o IML agora aguardará o posicionamento da família para realizar os procedimentos de liberação dos restos mortais de Carlo Cicchelli. 

Deixe seu comentário

0 comentários