Prefeitura marechal
busque por título

Saúde

Agencia Alagoas

30/03/2021 às 08:31

Hospital de Campanha Celso Tavares retoma atividades com 142 leitos clínicos

Unidade de saúde também contará com oito salas de estabilização para pacientes que tiverem o quadro clínico agravado 

(Créditos de imagem: Divulgação)

O governador Renan Filho e o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, autorizam, nesta terça-feira (30), a partir das 10h, a reabertura do Hospital de Campanha Dr. Celso Tavares, localizado no Centro Cultural e de Exposições Ruth Cardoso, no bairro Jaraguá, em Maceió. A unidade de saúde conta com 142 leitos clínicos e oito salas de estabilização para pacientes que tiverem o quadro clínico agravado em decorrência da Covid-19. É mais um esforço do Governo de Alagoas na ampliação de leitos exclusivos para tratar pacientes infectados pelo novo coronavírus.

Toda assistência humanizada dada aos pacientes será feita por 500 profissionais divididos entre técnicos de enfermagem, técnicos de laboratório, psicólogos, nutricionistas, médicos, fisioterapeutas, farmacêuticos, enfermeiros, auxiliares de farmácia, auxiliares de enfermagem, e dos setores administrativos.

Os pacientes diagnosticados com o novo coronavírus serão encaminhados para o Hospital de Campanha por meio da Central de Regulação de Leitos de Alagoas, podendo ser transferidos de qualquer unidade de saúde do Estado. Os leitos clínicos estão equipados cama, fluxômetro, suporte de soro, oxímetro. Já as salas de estabilização contam com ventilador mecânico, monitor multiparâmetro, bomba de infusão de medicamentos e desfibrilador. A unidade hospitalar também conta, também, com uma ambulância exclusiva para realizar as transferências.

A Sesau investiu R$ 1.668.925,00 com a montagem da estrutura, equipamentos e mobiliário do Hospital de Campanha Dr. Celso Tavares. O secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, reforça que o Governo do Estado tem se empenhado ao máximo em abrir leitos clínicos e de Unidades de Terapia Intensivo (UTI).

“Reinauguramos o Hospital de Campanha pela urgência que o momento pede. Já são 1.186 leitos em funcionamento, garantindo atendimento humanizado ao alagoano que foi contaminado pelo novo Coronavírus. Com a reativação da unidade de campanha, o Estado tem mais uma retaguarda neste importante trabalho de combate à pandemia da Covid-19”, avalia o secretário Alexandre Ayres.

Usina de oxigênio – A Secretaria de Estado da Saúde instalou uma usina de oxigênio que irá abastecer todos os 142 leitos clínicos e as oito salas de estabilização do hospital de campanha. De acordo com Luiz Carviçais, engenheiro de gases medicinais, a usina irá funcionar durante 24 horas com capacidade de gerar 13 m³ de oxigênio por hora.

“A usina funciona a partir de um compressor produzindo gás comprimido, com a mistura de gases sendo resfriada, tratada, com o resultado final dessas etapas sendo o oxigênio com uma pureza entre 96% e 97%, abastecendo toda unidade hospitalar com uma capacidade de 13 mil litros por hora do gás”, disse o engenheiro.

A usina de oxigênio conta com um gerador exclusivo para garantir o funcionamento em caso de queda de energia, e o Hospital de Campanha ainda possui 48 cilindros de oxigênio para serem utilizados em situações que haja a necessidade na possibilidade do equipamento parar de funcionar.

Histórico – O Hospital de Campanha Dr. Celso Tavares foi aberto, pela primeira vez, em 22 de maio de 2020 durante o primeiro pico da pandemia e funcionou até 27 de setembro, quando encerrou as atividades tendo atendido 317 pacientes, com 66 transferências para os hospitais da rede estadual de saúde. 

Deixe seu comentário

0 comentários