Prefeitura marechal
busque por título

Saúde

gazetaweb

28/01/2018 às 17:39

Juiz suspende matrículas dos aprovados no vestibular da Uncisal

Decisão foi assinada por Emanuel Dórea; Universidade deverá apresentar critérios de correção bem como as provas realizadas pelos alunos 

(Créditos de imagem: Ilustração)

ma liminar assinada pelo juiz plantonista Emanuel Dórea, neste domingo (28), tornou nulo o resultado do vestibular da Universidade de Ciências da Saúde de Alagoas (Uncisal) e suspendeu as matrículas para os cursos ofertados no certame até que sejam prestadas informações claras a respeito da divulgação de duas listas de aprovados.

A ação foi impetrada pelo advogado Pedro Accioly, que representa um grupo de cerca de 20 estudantes que haviam sido aprovados na primeira lista, mas os nomes não apareceram mais depois do segundo resultado.

"Entrei ontem com um pedido de mandado de segurança pedindo para que as matrículas fossem suspensas. Amanhã, logo cedo um oficial de justiça irá até a Uncisal entregar a intimiação com a determinação do juiz". Contou o advogado.

De acordo com ele, os estudantes que ele representa questionam o segundo resultado. "Alguns não tiveram o benefício dos 5% a mais na pontuação por terem estudado a vida inteira em escolas alagoanas. Outros que estavam na lista de cotas não aparecem mais. Nós precisamos de esclarecimentos", argumentou Pedro Accioly.

Na decisão, o juiz Emanuel Dórea, notificou a autoridade responsável, no caso a Uncisal, solicitando que no prazo estabelecido por Lei, a instituição preste as informações necessárias, devendo para isso apresentar os critérios de correção, bem como as provas realizadas pelos alunos.

Entenda o caso:


A confusão em torno do resultado do vestibular da Uncisal começou na sexta-feira (19), quando os nomes dos aprovados foram divulgados com muitas horas de atraso. Depois, na segunda (22), o primeiro resultado foi cancelado após o instituto AOCP, responsável pela divulgação, detectar erros nos cálculos das notas. Com o novo resultado dezenas de alunos que haviam tido os nomes divulgados como aprovados na primeira lista não estavam mais na segunda.

A assessoria de comunicação da Uncisal informou que a instituição ainda não foi notificada oficialmente da decisão e que só se pronunciará após a oficialização.  

Deixe seu comentário

0 comentários