Prefeitura marechal
busque por título

Saúde

Nathalia Lopes

19/05/2018 às 08:04

No mês de combate ao Glaucoma população terá atendimento Gratuito em Maceió

 

(Créditos de imagem: Divulgação)

Um dos principais objetivos do Maio Verde é alertar a população sobre os riscos do glaucoma e também oferecer atendimento gratuito do pré-diagnóstico. As ações começam amanhã (19) e vão até o dia 4 de junho em oito bairros da capital. Esta é a primeira vez que o Hospital de Olhos Santa Luzia realiza uma campanha de alerta – dia 26 de maio é o dia nacional de combate ao glaucoma.

As ações vão oferecer atendimento à população sobre os sintomas, exame de aferição da pressão do olho e informações sobre o tratamento. Tudo de forma gratuita para quem passar nos estantes espalhados pela cidade durante os onze dias da campanha. Neste sábado, a ação ocorre das 10h às 22h, no Shopping Pátio, no Benedito Bentes. Na segunda-feira (21), será a vez do terminal de ônibus do Benedito Bentes, das 7h às 12h. Um médico especialista em glaucoma e dois técnicos em enfermagem irão atender à população, além de duas promotoras, que orientarão sobre o dia nacional de combate.

Glaucoma em Alagoas

Em Alagoas, 32 mil pacientes já foram diagnosticados e, mensalmente, são atendidos e fazem tratamento da doença. O médico especialista em glaucoma, Ricardo Carvalho, afirma que este número pode ser maior, já que muitas pessoas não sabem que são acometidas ou ignoram os principais sintomas. “O glaucoma é uma neuropatia do nervo óptico que provoca lesão das fibras que o compõem e, consequentemente, perda progressiva do campo visual, em sua maioria, provocada pelo aumento da pressão ocular”, diz o médico.

O especialista informa que o glaucoma é a segunda maior causa de cegueira no mundo. E, para diagnosticá-la, é preciso medir a pressão ocular e avaliar o nervo óptico. “As ações vão oferecer essa oportunidade para a população: a chance de um atendimento preliminar e para saber se o paciente possui ou não sintomas. É preciso alertar para o risco, a doença não tratada pode levar a perda do campo visual e, consequentemente, à cegueira”, afirma o Carvalho.

O médico explica que dentre os fatores de risco estão idade acima de 40 anos, pressão ocular elevada e uso crônico de corticoide. O tratamento é feito inicialmente com colírios e laser. Caso não seja controlado com esses procedimentos, o paciente pode precisar de cirurgia. Durante os dias das ações,
a população poderá aferir a pressão do olho, porém, o diagnóstico preciso é feito por meio de exames complementares como a campimetria, retinografia, curva de pio, paquimetria, gonioscopia e tomografia do nervo óptico.

Durante o todo o mês de maio até o dia 10 de junho, o Hospital de Olhos Santa Luzia vai oferecer benefícios para os pacientes e familiares que passarem pelo atendimento nos estantes. A campanha do HOSL tem o apoio de parceiros como o Sindicato das Empresas de Transporte Urbano de Passageiros (Sinturb); Parque Shopping Maceió, Shopping Pátio e a empresa HOBrasil.

Agenda Maio Verde

19/05 - Pátio Shopping, no Benedito Bentes - 10h às 22h 21/05 - Terminal do Benedito Bentes - 7h às 12h
22/05- Terminal da Colina - 7h às 12h
23/05 - Transpal, Buarque de Macedo- 7h às 12h
24/05 - Parque Shopping, Cruz das Almas - 10h às 22h (aferição da pressão das 16h às 22h)
25/05 - Parque Shopping - 10h às 22h (aferição da pressão das 16h às 22h 26/05 - Parque Shopping - 10h às 22h
28/05- Garagem São Francisco, no bairro da Santa Amélia - 7h às 12h 29/05 - Garagem Real Alagoas, no Farol - 7h às 12h
30/05 - Garagem Cidade de Maceió, no Tabuleiro do Martins - 7h às 12h
04/05- Garagem da Veleiro, no Trapiche - 7h às 12h.

Sobre o HOBrasil

O Hospital de Olhos do Brasil (HOBrasil) nasceu em abril de 2016 a partir da união de médicos e do fundo de investimento Pátria, dando origem a um negócio pioneiro no setor oftalmológico do Brasil. O grupo aplica um novo modelo de gestão associativa que permite ampliar o poder de negociação, o ganho em escala e o acesso às tecnologias de alto custo, preservando a execução da oftalmologia humanizada e oferecendo tratamentos e serviços de última geração em diferentes regiões do País. No novo formato, o médico fica à frente do negócio, com participação nas decisões estratégicas, mas mantém o foco no exercício da medicina.
Atualmente, o HOBrasil é o maior grupo da América Latina em sua área de atuação, agregando oito redes oftalmológicas, 1400 colaboradores e 400 médicos oftalmologistas. O Instituto de Olhos Freitas (BA), DayHorc (BA) e Instituto de Olhos Villas (BA); Hospital Oftalmológico de Brasília e Grupo INOB (DF); Hospital de Olhos Santa Luzia (AL); Hospital de Olhos Sadalla Amin Ghanem (SC) e o HCLOE (SP) fazem parte dos associados, resultando em 19 unidades de atendimento. 

Deixe seu comentário

0 comentários