Prefeitura marechal
busque por título

Saúde

cremal

31/10/2017 às 16:33

Seminário inédito no Brasil aborda dependência química em profissionais da saúde

Médicos, enfermeiros e profissionais de saúde em geral são alvo desse encontro, que pretende chamar a atenção para o problema.
 

(Créditos de imagem: Divulgação)

Os profissionais de saúde convivem diariamente com a rotina estressante de atendimento e responsabilidade sobre a vida de seus pacientes. A pressão no trabalho e o fácil acesso a drogas variadas podem ser um condutor para a dependência química desses profissionais. Atento a essa realidade, o Fórum Permanente de Combate às Drogas realiza no dia 07.11, na sala de cinema do Maceió Shopping, a partir das 8h30, o “I Seminário Sobre Dependência Química em Profissionais da Saúde – uma invisível epidemia”.

De acordo com a presidente do fórum, professora Noélia Costa Amaral, o tema é delicado e inédito no Brasil. “Nosso objetivo é o de prevenir, de capacitar e de alertar os profissionais da saúde e a sociedade para esse problema gravíssimo”, afirma. “O assunto tem sido amplamente discutido e representa um problema mundial de saúde pública: o consumo de substâncias psicoativas por profissionais da área”, complementa.

O presidente do Conselho Regional de Medicina de Alagoas – CREMAL, entidade apoiadora do seminário, Dr. Fernando Pedrosa, enfatiza a necessidade do evento, “estamos diante de uma realidade que não pode ser ignorada e a melhor forma de sensibilizar e conscientizar é tocando no assunto, é trazendo ao debate esse tema tão delicado”, avalia.

Palestrantes

Dentre os profissionais que discorrerão sobre o tema estão o médico Psiquiatra e Psicoterapeuta e vice-presidente da Associação Alagoana de Psiquiatria, Dr. Adalcyr Cunha; Dr. Alexandre Quelho Comandule, médico Psiquiatra e integrante da equipe do Dr. Ronaldo Laranjeiras, na Clínica Alamedas/SP. Participam ainda Dra. Sara Nunes, Psicóloga Clínica e especialista em tratamento de dependência química (UFBA); Dr. José Antônio Pacheco, médico com especialização pela UNIFESP (coordenação Dr. Ronaldo Laranjeiras), fundador do Grupo Ajuda Mútua (Amor Exigente) e Dr. Urânio Paiva, médico diretor da Clínica Árvore da Vida.

O evento emitirá um certificado de 8 horas de participação e terá um investimento de R$ 30,00. Apoiam a iniciativa o Conselho Regional de Medicina de Alagoas – CREMAL, Maceió Shopping, Viva Alagoas, Secretaria de Estado de Prevenção à Violência – Seprev, Ministério Público de Alagoas, Clínica Árvore da Vida e Sindicato dos Policiais Federais de Alagoas. Informações: 82.99699-3258 ou 82.99331-7650.
 

Deixe seu comentário

0 comentários