Prefeitura marechal
busque por título

Tecnologia

Uninter

03/06/2022 às 02:49

5G no Brasil: veja quando essa tecnologia chega à sua cidade

 

(Créditos de imagem: Ilustração )

Já pensou em fazer download do seu filme favorito em altíssima qualidade e abrir o vídeo da aula do seu curso a distância num piscar de olhos? Ou usar o celular para acionar o micro-ondas? Esses são apenas alguns exemplos de como a tecnologia 5G vai transformar as nossas vidas.

Ao proporcionar alta velocidade de conexão, a evolução da internet 4G pretende revolucionar o modo como nos comunicamos e acessamos os dispositivos no dia a dia. No Brasil, sua implantação está prevista para ocorrer até o segundo semestre de 2022. E um dos setores que mais tendem a se beneficiar com essa evolução é o da educação.

O universo 5G é como se fosse um passaporte para o mundo dos filmes de ficção. E, se você parar pra pensar, nós já vivemos, de certa forma, num cenário parecido com o dos Jetsons, aquele desenho dos anos 60 sobre uma família vivendo em 2062. Estamos perto, hein!

“Você se lembra… do futuro?”

Essa pergunta surge no trailer do filme De Volta para o Futuro 2, lançado no final dos anos 80. Já assistiu? Pois então, muitas das inovações que apareciam na sequência da famosa franquia já fazem parte do nosso cotidiano: como as videochamadas, biometria, as TVs de tela plana e até o fantástico skate voador de Marty McFLy.

É claro que ainda não existe um DeLorean que viaja pelo tempo para vender na concessionária, mas já temos carros autônomos, ou seja, que dirigem sozinho. Além disso, por conta do avanço da internet, podemos estudar e trabalhar em casa. E, durante a pandemia e o isolamento social, ficou evidente que o mundo está cada vez mais dependente da tecnologia. Muitas empresas tiveram que adaptar suas rotinas e implantar o teletrabalho; estudantes também reorganizaram hábitos e passaram a assistir às aulas de forma remota, e o que era presencial ficou a distância. Nesse ponto, todo mundo sabe que sem uma conexão de internet rápida, a performance do trabalho e do estudo é totalmente prejudicada.

E quais são as expectativas do 5G?

Na prática, esse passo evolutivo da internet banda larga sem fio proporcionará uma velocidade incrível para baixar arquivos, além de permitir conexões mais estáveis. Podemos ainda dizer que o 5G é uma tecnologia mais “inteligente”, pois pretende diminuir custos de empresas e reduzir impactos ambientais.

Dessa forma, estudantes da modalidade a distância, por exemplo, serão altamente impactados com essa evolução. Isso porque a velocidade de conexão será cerca de 100 vezes mais rápida do que comparada à tecnologia 4G. Sabe aquela explicação do professor que você perdeu justamente porque a “internet caiu”, ou o aplicativo que você estava usando travou? Então, com o 5G seus problemas acabaram!

Veja só algumas das revoluções proporcionadas pelo 5G:

– Metaverso: num futuro breve, todo mundo vai usar óculos! Calma, estamos falando da realidade virtual anunciada por Mark Zuckerberg, por meio da qual vamos interagir com as pessoas, participar de videoconferências usando avatares 3D. E isso só será viável com a expansão do 5G.

– Downloads instantâneos: a rapidez na conexão será tamanha que você poderá fazer downloads e uploads de dados com até 20 Mbps, contra 5 Mbps da 4G. The flash!

– Sem delay: sabe quando você fica aflito ao ver que o repórter da tevê demora para responder ao vivo a pergunta do apresentador? Isso não vai mais acontecer, porque a taxa de latência, ou seja, o tempo que um sinal ou pacote de informação leva para chegar do computador original ao destino, será baixíssima, garantindo a comunicação em tempo real.

– Cirurgias a distância: essa baixa latência também permitirá que cirurgias sejam realizadas de modo seguro com paciente e médico estando em locais diferentes. Um cirurgião no Japão poderá operar alguém nos Estados Unidos. Isso definitivamente é o futuro!

– Internet das coisas (IoT): com o 5G, cerca de 20 bilhões de dispositivos usados no dia a dia estarão conectados à internet. A ideia é permitir a fusão do mundo físico ao digital e isso acontece por meio dos data centers e suas nuvens. Ou seja, você poderá acionar do seu escritório a torradeira que está na sua casa.  

– Cidades inteligentes: o 5G, combinado com tecnologias como o big data, inteligência artificial e IoT, tornará viáveis semáforos inteligentes e uma série de inovações que vão facilitar e melhorar a vida nas grandes metrópoles.

Mas, afinal, quando o 5G chega ao Brasil?

Diariamente, bilhões de dispositivos sem fio compartilham informações mundo afora. É por conta desse volume de troca de dados cada vez mais crescente que a tecnologia vem sendo desenvolvida e já se tornou realidade em 65 países, como a China e a Coreia do Sul, pioneiros em adotar o sistema.

No Brasil, a expectativa é grande e a meta é de que o acesso ao 5G seja ofertado até julho de 2022. Nove empresas, entre elas Tim, Claro e Vivo, venceram o leilão da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), realizado em novembro do ano passado, e vão poder operar as faixas de frequência de 700 MHz, 3,5 GHz, 2,3 GHz e 26 GHz.

Apesar disso, fato é que a implementação do 5G no Brasil não acontecerá proporcionalmente à velocidade que ela oferece.

Por enquanto, 12 das 27 capitais estão preparadas para receber a nova tecnologia:

Brasília (DF);
Curitiba (PR);
Florianópolis (SC);
Fortaleza (CE);
Natal (RN);
Palmas (TO);
Porto Alegre (RS);
Rio de Janeiro (RJ);
São Paulo (SP);
Vitória (ES);
Aracaju (SE);
Boa Vista (RR).
Mas por que só essas capitais?

Porque somente elas possuem legislação que possibilita que a nova tecnologia seja instalada, como antenas necessárias para o funcionamento do 5G. Para isso, as cidades precisam de 10 vezes mais antenas do que o 4G.

Existe um calendário com a previsão de quando as cidades vão receber a tecnologia. Veja só:

PRAZO LOCAL

Julho de 2022 capitais com mais de 100 mil habitantes
Dezembro de 2023 capitais com 50 mil habitantes
Julho de 2024 capitais com até 30 mil habitantes
Julho de 2025 cidades com mais de 500 mil habitantes
Julho de 2026 cidades com mais de 200 mil habitantes
Julho de 2027 cidades com 100 mil habitantes ou mais
Julho de 2028 cidades com mais de 30 mil habitantes
Julho de 2029 cidades com até 30 mil habitantes
Fonte: Ministério das Comunicações

Dessa forma, um dos grandes desafios para o setor de telecomunicações é cumprir essa exigência de mais antenas, pois cada município define as regras para a instalação. Tanto é que, para facilitar esse processo, foi criada a Lei das Antenas em 2015. Mesmo assim, o acesso à internet de qualidade ainda é restrito às áreas centrais de grandes cidades, onde há maior concentração de antenas.

Outros desafios para a chegada do 5G no Brasil

Muitos especialistas acreditam que o 5G vai promover a redução da desigualdade social, impactar no desenvolvimento da economia, e, consequentemente, gerar mais empregos,
Mas há uma série de outras questões que devem ser debatidas. Veja só:

Inclusão digital

Apesar de muita gente estar conectada à internet, mais de um terço da população mundial (2,9 bilhões de pessoas) não têm acesso à rede, conforme dados da Organização das Nações Unidas (ONU). No Brasil, 8,7 milhões de pessoas ainda vivem em localidades consideradas “pontos cegos para o 4G”, como áreas rurais e periféricas. Superar esse “apagão” é, sem dúvida, um dos maiores desafios do país.

Quanto eu vou pagar pelo serviço?

Ainda não é possível estimar o valor que as operadoras cobrarão pelo serviço. Além disso, hoje apenas modelos de celular caros são compatíveis com a tecnologia, como o iPhone 13 e o Galaxy S21, que custam a partir de R$ 4 mil. Só nos resta esperar que os custos diminuam.

Escassez de mão de obra

Outro problema tem a ver com a falta de mão de obra qualificada. As empresas de TI oferecem mais de 400 mil vagas no Brasil. O problema é que não há gente suficiente para suprir a demanda do setor. Cerca de 42 mil profissionais das áreas de ciências da computação e análises de sistemas se formam por ano no Brasil. Ou seja, a equação não fecha!

Por isso, se você está pensando em fazer a primeira graduação ou mudar de profissão, que tal investir na área de tecnologia? Aproveite e dê uma olhada nos cursos a distância da Uninter.

E no setor de educação? Quais são as expectativas do 5G?

A tecnologia 5G vai permitir novas experiências digitais em todos os níveis de ensino e impulsionar o uso de ferramentas como a realidade virtual, a realidade aumentada e vídeos 360º.

As aulas prometem ser mais dinâmicas e interativas, enriquecendo o percurso de aprendizado, como visitas remotas a museus ou ainda estudo de anatomia com a realidade aumentada. Uma internet mais veloz e estável proporcionará um ensino remoto mais flexível e com qualidade, sem quedas na conexão. E você? O que pensa dessa revolução do 5G? Conte pra gente aqui nos comentários!

 

Deixe seu comentário

0 comentários