busque por título

Tecnologia

19/03/2020 às 13:31

O crescimento do mercado de eSports no Brasil e em Alagoas

 
Nos últimos anos vem crescendo cada vez mais em Alagoas o número de adeptos e de apoiadores dos chamados esportes eletrônicos, mais conhecidos pelo termo eSports (electronic sports, em inglês).

Diferentemente dos esportes tradicionais, nos eSports a ação se passa totalmente no meio digital, onde duas pessoas ou duas equipes se enfrentam em torneios – com transmissão ao vivo – nas mais diversas modalidades de jogos competitivos.

Seus adeptos são conhecidos como gamers e constituem um público que nos últimos anos vem sendo responsável por fazer com que esse setor alcance cifras de causar inveja a muitos outros da indústria do entretenimento.

Alguns precedentes

Quem acompanha há mais tempo o mercado de videogames sabe que nada disso aconteceu da noite para o dia. Basta ver o quão ansiosamente aguardado vem sendo o lançamento de um jogo como Grand Theft Auto VI, previsto apenas para 2022.

Situação semelhante ocorre com os jogos da desenvolvedora e publicadora japonesa Square Enix. Recentemente, a empresa anunciou que tanto Final Fantasy VII Remake quanto Marvel's Avengers teriam suas datas de lançamento adiadas, anúncio esse que gerou bastante repercussão na internet.

As modalidades mais famosas de eSports

Games como os acima mencionados talvez tenham aberto as portas e dado uma nova perspectiva aos gamers, colaborando dessa forma com a solidificação e o crescimento do cenário dos eSports. Entre os aficionados por eSports, os jogos mais populares atualmente são aqueles do tipo multiplayer online battle arena (MOBA), expressão que em português pode ser traduzida como “arena de batalha online multiplayer”.

Como o nome sugere, nos jogos do tipo MOBA duas equipes se enfrentam em algum tipo de campo de batalha virtual, onde cada jogador controla um personagem. Os mais conhecidos destes games atualmente são Dota 2 e League of Legends (LoL). Mas, antes mesmo dos MOBA, já eram muito populares nas antigas lan-houses os jogos de tiro em primeira pessoa. Aqui, os mais famosos são os da série Counter Strike, em particular Counter-Strike: Global Offensive (CS:GO), lançado em 2012.

A popularidade da modalidade CS:GO pode ser constatada ao verificarmos a proporção que uma equipe como a Made in Brazil (MIBR), uma das mais famosas do país, tem atualmente. Liderada por Gabriel “FalleN” Toledo, um dos melhores jogadores de CS:GO do mundo e que tem planos para a equipe neste ano, conforme demonstra matéria publicada no portal UOL, a MIBR é tão bem-sucedida que chamou inclusive a atenção de grandes marcas, contando hoje com patrocínio de empresas como a fabricante de calçados esportivos K-Swiss, o site de esporte bet online da Betway Esportes e o aplicativo de relacionamentos Tinder. “FalleN”, por sua vez, tem um renome tão grande quanto o de sua equipe. Pedro Bial, ao entrevistá-lo há dois anos, definiu o jogador como uma espécie de “Cristiano Ronaldo do Counter Strike”.

Os eSports no Brasil

Outra evidência da popularidade dos eSports é a atenção que canais de TV a cabo, como ESPN Brasil, Esporte Interativo e SporTV, vêm dedicando à cobertura de torneios como o Campeonato Brasileiro de League of Legends (CBLOL), atualmente o maior a nível nacional. Além disso, como dito em matéria recente de Gustavo Chiminazzo e Victor Marques para a IstoÉ Dinheiro, em 2019 o mercado global de eSports movimentou US$ 1,1 bilhão, e a estimativa é que movimente cerca de US$ 1,5 bilhão em 2020.

Ninguém que tenha conhecimento sobre essa indústria tem dúvidas quanto à importância do mercado brasileiro nesse sentido, visto que o país é o 3º colocado não apenas em relação a tempo de uso de aplicativos para celulares, mas também em termos do tamanho do público da categoria, como mostra matéria publicada no site Consumidor Moderno no fim do ano passado. O Brasil fica apenas atrás de China e Estados Unidos quando o assunto são esportes eletrônicos.

Os eSports em Alagoas

Em Alagoas, duas iniciativas relacionadas ao setor merecem ser mencionadas. Uma delas foi a realização, no ano passado, da 1ª edição do Challenge Games Alagoas, no Maceió Shopping. Este evento contou com oficinas de jogos e com campeonatos das já mencionadas modalidades LoL e CS:GO.
A outra iniciativa se refere a um notável esforço que visa integrar os fãs de futebol online e offline, através do popular game Pro Evolution Soccer (PES). Foi este o jogo escolhido no estado para dar o pontapé inicial de uma iniciativa até então sem precedentes no Brasil.

Em novembro do ano passado, a Federação Alagoana de Futebol e a Federação Alagoana de Futebol Digital e Virtual decidiram realizar partidas virtuais de PES 2020 antes dos jogos entre os clubes que estão na primeira divisão do estadual deste ano. Assim, os torcedores têm não apenas um, mas dois eventos para acompanhar no mesmo dia.

Palavras finais

Tudo o que foi dito aqui ajuda a contextualizar uma observação feita pela pesquisadora Maureen Flores: os e-Sports vêm criando “uma oportunidade de negócios atrás da outra”. O grande desafio para muitas empresas, portanto, é o de se comunicar de forma convincente e autêntica com um público tão engajado e comprometido.
 

Deixe seu comentário

0 comentários