Prefeitura marechal
busque por título

Tecnologia

Mundo Conectado

14/07/2018 às 13:59

Primeiro exame de raio-x em 3D e com cores é realizado em humanos

Tecnologia de acelerador de partículas foi utilizada no processo 

(Créditos de imagem: Divulgação)

O instituto de pesquisa de física Cern (Organização Europeia para a Pesquisa Nuclear) ajudou recentemente em um grande salto na tecnologia para a medicina: realizar o primeiro exame de raio-x colorido e em 3D em humanos.

O feito foi realizado junto com a empresa Mars Bioimaging, da Nova Zelândia, que desenvolveu um novo método de captura para colocar cores e profundidade na tomografia computadorizada.

Para fazer isso, os pesquisadores deixaram de emitiram raios-x de frequência única, que geram imagens em preto e branco, e utilizaram comprimentos de onda variados na captura, o que foi possível graças a uma tecnologia desenvolvida a partir do acelerador de partículas da Cern.

Chamado de Medipix, o sensor de imagem criado pela Cern é capaz de capturar elementos subatômicos, o que garante imagens de alta resolução e contraste. O nível de detalhes é tão grande que os pesquisadores conseguem identificar mais detalhes no exame e, com isso, adicionar cores na imagem.

O resultado disso são as imagens que podem ser vistas nessa publicação, que trazem um grau maior de profundidade e detalhes que os exames tradicionais.

De acordo com os pesquisadores, a novidade permitirá que os médicos identifiquem com mais facilidade os problemas do paciente com este tipo de exame, uma vez que a diferença entre osso, cartilagem e músculos é mais clara.

"Esta técnica de imagem de raios-X a cores poderia produzir imagens mais claras e precisas e ajudar os médicos a dar aos seus pacientes diagnósticos mais precisos" - Cern

A Mars Bioimaging começará a fazer testes clínicos com a tecnologia em breve, quando teremos mais novidades sobre o procedimento.

Via: Mars Bioimaging 

Galeria de fotos

Deixe seu comentário

0 comentários