busque por título

Brasil/Mundo

1 News

25/11/2023 às 19:11

Escolha uma imagem e descubra seu maior trauma

A imagem escolhida tende a lhe mostrar qual tipo de trauma você possui e que, muitas vezes, nem sabe. 

(Créditos de imagem: Quizlandia.club)

Este teste vai auxiliar você a identificar algum possível trauma não resolvido do seu passado. Observe atentamente a imagem e, buscando orientar-se mais pela intuição do que pelo racional, responda: com qual imagem você se identifica? Sua resposta revelará o seu maior trauma! (lembramos que este teste não possui caráter científico).

1. Rejeição

Quando começamos a nos afastar de nossos pais, por volta dos dois anos de idade, procuramos a aceitação de outras figuras importantes para nós, como irmãos mais velhos, primos, etc.

Se a primeira imagem for a sua escolha, talvez esse momento de identificação com pessoas diferentes de seus pais tenha sido negativo. Em outras palavras, você se sentiu rejeitado por aqueles que eram mais significativos para você.

Nesse caso, é provável que você seja uma pessoa insegura, com baixa autoestima. Relacionar-se com os outros torna-se difícil; na verdade, o medo da rejeição está sempre presente.

O seu grande desafio é compreender que a sua vida depende de como você se enxerga, muito mais do que da forma como os outros o veem. Confiar em suas próprias habilidades também contribuirá para construir relacionamentos saudáveis com os outros.

2. Traição

Os pais frequentemente quebram a confiança de seus filhos, muitas vezes sem perceber. Prometem algo que não conseguem cumprir ou fazem brincadeiras (considerando que estamos falando de crianças, uma “piada inocente” pode ser impactante).

Se a segunda imagem for a sua escolha, é possível que em algum momento seus pais ou parentes tenham traído a sua confiança, deixando uma marca profunda em você. Assim, você se tornou alguém que acredita não poder confiar em ninguém.

Você é uma pessoa aparentemente calorosa, muito extrovertida e sociável, mas que nunca revela totalmente seu coração. Apesar de ser um bom parceiro, é raro alguém conseguir tocar na fibra mais sensível da sua alma e compreender quem você é verdadeiramente.

É importante entender que as pessoas podem nos magoar, mas esse dano nunca será maior do que o que você causa a si mesmo ao não ser autêntico.

3. Humilhação

Se a terceira imagem for a sua escolha, é possível que tenha vivenciado um trauma relacionado à humilhação. Em outras palavras, quando você buscava se identificar com colegas e pessoas importantes no seu ambiente durante a infância, foi rejeitado.

Pode ter sido com pequenas coisas, como ser chamado de desajeitado ou gordinho.

Isso deixou marcas, transformando-o numa pessoa um tanto dependente, sempre em busca da aprovação dos outros. Preocupa-se tanto em não ser perfeito que sempre se esforça ao máximo, mas não para si mesmo, e sim para os outros.

É louvável o esforço diário para ser a melhor versão de si mesmo, mas lembre-se de que essa versão melhorada depende dos seus próprios interesses e autenticidade.

4. Abandono

Talvez na sua infância não tenha tido pais presentes, ou talvez tenha enfrentado uma grande perda quando era pequeno. Independentemente disso, se escolheu a imagem 4, há uma séria preocupação com o medo do abandono.

Você é alguém muito sociável, sempre cercado de amigos e entes queridos, mas, na realidade, teme ficar sozinho. Encarar o seu próprio ser é difícil porque receia descobrir algo que não gosta, ou pior, algo que os outros não gostam.

Pode ter uma propensão à depressão. É verdade que as pessoas vêm e vão em nossas vidas, mas se formos autênticos, atenciosos e bons, nunca ficaremos verdadeiramente sozinhos. Lidar com as perdas pode ser desafiador, mas é possível seguir em frente. 

Deixe seu comentário

0 comentários